Quinta-feira, 23 de Setembro De 2010

Abraço

 

 


Abraço
É demonstração de afecto
Carinho e muito amor
É saudade e lágrima
Mas também o calor

Abraço é amar
É querer aconchego
É sentir um amigo
Com todo o seu apego

Podemos abraçar
Uma causa uma pessoa
Abraço é abraço
É cingir e cercar
É não sentir espaço

Abraçar uma causa

É o que nos faz sentir
Que quem luta acredita
E nunca deve desistir

Abraçar uma criança
Transmitir-lhe carinho
É dizer-lhe com os braços
Que nunca estará sozinho

Abraçar um amigo
Com toda a fraternidade
E como dizer estou aqui!
Para a toda a eternidade

Abraçar um amor
Com toda a compreensão
É desatar todos os nós
E fazer um laço de união

Vamos assim abraçar
Uma criança, uma causa
Um amigo e o nosso amor?
Custa tão pouco abraçar...
Acreditem não dá dor!

 

Desconheço a origem, mas gostei e faço questão de partilhar convosco.... Abracem muito porque assim também vão receber muitos abraços

 

 

Segunda-feira, 20 de Setembro De 2010

Gabriel Garcia Marquez

 

Gabriel García Márquez (Aracataca, 6 de março de 1927) é um escritor, jornalista, editor e activista político colombiano.

Recebeu o Nobel de Literatura de 1982, por sua obra, que entre outros livros inclui o aclamado Cem Anos de Solidão. Foi responsável por criar o realismo mágico na literatura latino-americana.Viajou muito pela Europae vive actualmente em Cuba a lutar contra o câncer. Em 1 de Abril de 2009 declarou que se aposentou e não pretende escrever mais livros.

 

Deste escritor apenas li "Crónica de uma Morte Anunciada" e gostei, mas gosto sobretudo das frases soltas que lhe são atribuídas, eis algumas das minhas preferidas:

 

"Um único minuto de reconciliação vale mais do que toda uma vida de amizade."

 

"O segredo de uma velhice agradável consiste apenas na assinatura de um honroso pacto com a solidão."

 

"A sabedoria é algo que quando nos bate à porta já não nos serve para nada."

 

"Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se."

 

"Não passes o tempo com alguem que não esteja disposto a passá-lo contigo."

tags:
publicado por espiga às 00:39
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Setembro De 2010

Os Maias

Aceitando o desafio que me foi lançado pela Rita vou falar um pouco de um dos meus escritores portugueses preferidos.

 

Ver imagem em tamanho realJosé Maria de Eça de Queirós (Póvoa de Varzim, 25 de Novembro de 1845Paris, 16 de Agosto de 1900) é um dos mais importantes escritores Portugueses.Foi autor, entre outros romances de importância reconhecida, de Os Maias e O crime do Padre Amaro; este último é considerado por muitos o melhor romance realista português do século XIX.

 

Os Maias foi dos primeiros romances que li, primeiro por curiosidade, e devo confessar que me perdi na história com tanta descrição.

 

Mais tarde reli por obrigação escolar e detestei porque gosto de ler para sentir os sentimentos dos personagens para assumir um papel, e viver uma história e quando lemos este grande romance na escola é para analisar a forma da escrita e peço desculpa á minha professora de português da altura, mas o que é que isso contribui para eu gostar ou deixar de gostar de um livro?????????

 

Mas como sou persistente voltei a ler, agora já com mais maturidade, sim que para se ler e gostar também é preciso ter maturidade para perceber aquilo que estamos a ler, e adorei....................ADOREI "OS MAIAS" recomendo a sua leitura.

 

Já sobre o "Crime do Padre Amaro" estou em falta não li só vi o filme com o Jorge Corrula e a Soraia Chaves, mas acredito que deve ser igualmente uma grande obra de Éça de Queirós.

tags:
publicado por espiga às 18:51
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 01 de Setembro De 2010

Isabel Allende

Isabel Allende Llona (Lima, 2 de Agosto de 1942) é uma jornalista e escritorachilena (apesar de ter nascido em Lima, sua família logo voltou para o Chile, sua terra natal)actualmente radicada nos Estados Unidos da América.

 

Filha de Tomás Allende, funcionário diplomático e primo irmão de Salvador Allende, e de Francisca Llona.

 

Em 1973 foi forçada a abandonar o Chile na sequência do golpe militar em que Salvador Allende, primo do seu pai, foi assassinado ou levado ao suicídio.

 

Trabalhou como jornalista no Chile e, posteriormente, em Caracas (Venezuela), onde viveu até 1984. Depois disso, passou a viver nos EUA, onde ensina literatura.

 

Foi uma defensora acérrima dos direitos das mulheres.

 

Escreveu A casa dos espíritos (1982) e ganhou reconhecimento de público e crítica. A obra é filmada em 1993 por Bille August, com Jeremy Irons e Meryl Streep. Em 1995 lança o livro Paula, que a autora escreve para a sua filha que está em coma devido a um ataque de porfiria. Como a autora não sabia se a memória voltasse após a saída do coma, Isabel Allende resolve contar a sua história para auxiliar a sua filha a lembrar dos fatos. Paula passa a ser então um retrato auto-biográfico. Sua filha não volta do coma e morre um tempo depois.

 

Isabel Allende é sem dúvida uma das minhas escritoras preferidas, escreve de uma forma tão inebriante que nos reporta para os locais onde a narrativa se desenvolve e nos deixa com a sensação de os conhecer, adoro sempre que isto me acontece.

 

 Alguns livros a não perder:

"A Casa dos Espiritos"

"De amor e de sombra"

"Eva Luna"

"Histórias de Eva Luna"

"Paula"

"Plano infinito"

"Afrodite"  

 "Filhas da fortuna"

 

publicado por espiga às 13:40
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
21
22
24
25
26
27
28
29
30

últ. comentários

  • Tens um selinho para ti no meu blog Canela e choco...
  • Obrigada Tina, mas ainda não saltei é só daqui a u...
  • Eu nunca pratiquei desportos radicais...e agora, c...
  • Olá mais uma vez achei tanta graça ao teu comentár...
  • Olá venho deixar um beijinho e obrigado por me adi...
  • Amiga,Um xi- bem apertadinho.Bom fim de semana
  • Será que me pode confirmar se foi "A Casa dos Espi...
  • Começo por deixar um ABRAÇO. Gostei muito da poesi...
  • Eu queria ser astronauta, o meu país não deixou......
  • Descobri por acaso este blog e vejo que temos algu...

mais comentados

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro

m80